blog

um site para edificação em amor.

15 segundos PROSPERIDADE 07 - Deus não criou a pobreza - Leo Capochim

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=-j9vrrtrRPM&feature=youtube_gdata_player]
Aproveite para meditar em Gênesis 2.8,9 "Então plantou o Senhor Deus um jardim, da banda do oriente, no Éden; e pôs ali o homem que tinha formado. E o Senhor Deus fez brotar da terra toda qualidade de árvores agradáveis à vista e boas para comida, bem como a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal."

Reflita: Deus não criou o homem para viver em pobreza, miséria e falta. Ao estabelecer seu plano original, Deus coloca o homem em um jardim chamado Éden, e neste jardim o homem vive em plena abundância. Veja no texto que Deus fez brotar todo o tipo de árvores agradáveis. Não havia falta de nada para o homem. Havia plena abundância, variedade e acessibilidade aos recursos necessários a sobrevivência. Tudo estava a mão do homem. Claro que o trabalho faria já parte da vida do homem pois o trabalho é uma benção de Deus, mas tudo estava ao alcance das mãos. Isso é uma das definições de prosperidade: ter acesso aquilo que é essencial para a vida. Somente após o pecado que vemos o homem passando por necessidade e pobreza. A miséria e pobreza são consequência do pecado no mundo. Não estou dizendo que quem está passando por um momento de necessidade ou pobreza está em pecado, vivendo em pecado. Este é um tipo de pensamento anti-bíblico. (Quero falar mais sobre este tipo de pensamento no próximo post.) O que estou afirmando é que somente por causa da entrada do pecado no mundo, que o homem pode experimentar momentos de falta. Ao sermos redimidos do pecado em Cristo, seremos também redimidos da pobreza e miséria. A prosperidade é benção de Deus, a pobreza é consequência do erro. Vamos clamar ao nosso Pai para que a benção Dele venha sobre nós e que sejamos libertos de toda falta.
20111112-092347.jpg