blog

um site para edificação em amor.

Bela a luz da Palavra

“A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme o Senhor será elogiada” Pv 31.30

Temos visto a evolução do mundo a cada dia. Estamos na era da informática, do fast food, etc. Novas tecnologias também surgiram para a mulher. Ouvimos muito falar sobre a mulher moderna e com isso estamos nos “produzindo” cada vez mais. É bom estar com o cabelo arrumado, unha feita, vestir roupas da moda, e por ai vai. Isso não está errado. Podemos sim nos arrumar, mas não podemos ter a motivação errada.

Ester é um exemplo para nós. A Bíblia a descreve como “jovem bela, de boa aparência e formosura”. (Et 2.7). Ester ficou 12 meses se preparando, junto a outras mulheres para um “concurso de beleza”, e ganhou. O prêmio era casar com o Rei Assuero. O interessante é que ela não almejou ganhar, ao contrário das outras mulheres. Ao lermos o livro de Ester, percebemos que muitas delas estavam preocupadas demais com a aparência, ao contrario de Ester. Ao assumir a posição de Rainha, seu coração estava voltado em salvar seu povo, os judeus. Foi justamente pelo coração dela que Deus a colocou ao lado do Rei.

As coisas do mundo não podem atrapalhar nossa intimidade com Deus. Não há problemas em andarmos bonitas, arrumadas, mas o nosso coração não pode e não deve estar nisso. Se o nosso foco estiver na aparência física estamos indo contra o que Deus diz em Mt 6.28,33 “E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas; buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. Nosso foco deve ser temer ao Senhor, amar a Deus acima de todas coisas. Não podemos perder a essência da adoração, que não é através da carne, mas sim do espírito. “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”. (Jo 4.24).

Estamos no mundo, mas não somos dele, por isso não devemos amar as coisas que a ele pertencem. “Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia”. (Jo 15.19). O nosso padrão não pode ser o padrão do mundo. Foi Deus quem nos teceu (bordou com várias cores) no ventre da nossa mãe. Temos que ser felizes do jeito que somos, e não querer ter a beleza que o mundo exige.

Com o tempo não é mais a aparência que será vista, mas o nosso coração refletirá o que verdadeiramente somos. O que está em seu coração?

“O coração alegre aformoseia o rosto” Pv 15.13a

Vanessa Capochim