blog

um site para edificação em amor.

Carta aberta de agradecimento

mocidade2

Olá amados jovens da Lagoinha!Graça e paz!

Existe um texto que acompanha a nossa vida e ministério e que expressa uma das nossas convicções: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” Romanos 8.28 A cada momento temos experimentado essa realidade, pois sabemos que nossa vida tem um propósito. A cada momento e em todo lugar temos buscado cumprir este propósito tendo em mente que todas as coisa estão sempre contribuindo juntamente para o estabelecimento da vontade de Deus na terra. Foi com este coração que há um pouco mais de 3 anos assumimos o desafio de servir aos jovens da Mocidade Lagoinha. Não sabíamos muito bem o que nos esperava, mas tínhamos no coração a convicção de estar sendo guiados por Deus e também através da vida do nosso pa(i)stor Márcio Valadão. É viva até hoje a lembrança do sonho que Deus nos deu, ainda em nossa lua de mel, que precisaríamos dedicar mais do nosso tempo no ministério dos jovens da Lagoinha por um tempo. No momento nem imaginávamos que na realidade iríamos assumir a liderança, pensávamos apenas em dar um apoio maior ao ministério. Porém, quando recebemos o chamado do Pr. Márcio não havia dúvidas de que a resposta deveria ser sim. Graças a Deus pelo sim. Vivemos intensamente momentos maravilhosos na companhia dos jovens da Lagoinha. Amamos e fomos amados, honramos e fomos honrados, choramos e enxugamos lágrimas, sorrimos e partilhamos de alegrias, ensinamos e também fomos ensinados. Em cada célula, reunião de liderança, confrajovem, festivais, eventos na praça, mas principalmente nas visitas e atendimentos tivemos a oportunidade de semear um pouco do que Deus plantou em nosso coração e também receber da preciosidade que Deus colocou na vida de cada jovem da Mocidade Lagoinha. Foi tudo tão maravilhoso e intenso, porém não poderíamos nos esquecer que o sonho que Deus nos deu dizia que era apenas por um tempo. Hoje, esse tempo se cumpre, com muita alegria em nosso coração estamos passando o bastão da Mocidade Lagoinha para o Pr. Lucinho e sua esposa Patrícia. Não estamos saindo da Lagoinha, apenas do ministério da Mocidade para nos dedicar ao Seminário Teológico Carisma. O motivo desta carta aberta é apenas para agradecer. Obrigado Deus por tudo que o Senhor nos permitiu viver como líderes da Mocidade Lagoinha, obrigado por Tua fidelidade, direção, graça, provisão, amor, consolo, força, unção, conhecimento e muito mais que somente Tua presença pode proporcionar. Obrigado pa(i)stor Márcio pela confiança depositada em nossa vida. Você acreditou, orou e investiu em nossa vida e na Mocidade Lagoinha com tanta intensidade. Você é um exemplo de vida e de ministério. Obrigado obreiros e pastores que integram a equipe da Mocidade Lagoinha. Servir ao lado de vocês foi uma experiência para vida inteira. Obrigado por todo apoio, dedicação e principalmente por amarem ao Senhor e Sua obra. Obrigado líderes de células e ministérios da Mocidade Lagoinha. Aprendi com vocês demais. Vi em vocês jovens que não apenas têm potencial, mas que amam a Deus e ao que Deus ama de forma tão intensa que estão dispostos a investir todo o potencial para agradar somente a Ele. Vocês são valentes, ousados, apaixonados por Deus e perseverantes. Obrigado por esse coração quebrantado diante de Deus. Obrigado jovens da Lagoinha. Vocês tem provado todos os dias que existem no mundo jovens que amam a Deus, que é possível ser jovem, ser santo e ser normal. Vocês nos surpreenderam com o amor a Deus e Sua obra. Sempre vimos em vocês jovens sedentos e famintos por mais de Deus e do Seu Espírito. Obrigado Pr. Lucinho e Patrícia. Como disse a vocês desde que vieram para Lagoinha, vocês são resposta de oração. É uma alegria poder passar o bastão para pessoas que sabemos que irão levar a Mocidade Lagoinha a um nível ainda maior de crescimento em todas as áreas. Admiramos o ministério e a vida de vocês e reconhecemos o chamado que Deus tem dado e pode ser visto de forma tão extraordinária em suas vidas. Sejam muito bem vindos, amamos vocês. Entramos assim em um novo tempo de Deus para nossa vida e ministério onde nos dedicaremos mais intensamente ao Seminário Teológico Carisma. Deus tem nos conduzido a este lugar e já temos visto a graça de Deus e seus milagres. Neste ano (2013) tivemos o maior número de novos alunos de toda a história do Carisma. São mais de 260 novos alunos, sem contar aqueles que já são alunos, totalizando mais de 500 de várias partes do Brasil e do mundo que escolheram vir até Belo Horizonte e a Igreja Batista da Lagoinha para serem treinados para o ministério. É uma grande responsabilidade, entretanto sabemos que conosco está o grande Deus. Com certeza nos encontraremos em várias oportunidades pois continuamos servindo ao Senhor no mesmo corpo e igreja. Continuamos orando por vocês e crendo num crescimento do avivamento de Deus sobre a Mocidade Lagoinha. Nosso coração está aberto para vocês assim como sei que o de vocês está aberto para nós, contem conosco sempre que precisarem.

Amamos vocês!

Vivam Cristo,

Léo e Vanessa Capochim

Jejum, oportunidade de liberdade

Verdadeiras descobertas acontecem em momentos que você se dedica ao jejum. Por se tratar de um período onde você se abstém de coisas rotineiras, é comum que alguns detalhes da sua vida, que passavam despercebido, sejam notados. Quero compartilhar com você algo que é muito comum.

Você começa a perceber que algumas coisas que pareciam não ser tão significativas em seu dia a dia fazem grande diferença. Existem coisas que são praticadas no dia a dia que, por se tornarem tão automáticas, são imperceptíveis.

Você pode descobrir vícios em sua vida. Sabe-se que é um vício quando não é mais apenas uma questão de valorização, é uma questão de dependência. Lembro-me muito bem da primeira vez que fiz um jejum e neste tirei do meu dia a dia a Coca-Cola. Esse foi um dos propósitos mais difíceis que eu já fiz. Eu pensava que apenas gostava muito de Coca-cola mas, quando me vi sem poder beber, descobri que era viciado. Tive crises de mal humor, desespero, sentia mal estar quando fazia uma refeição sem bebê-la e em alguns momentos me senti como alguém que estava tentando se desintoxicar de uma droga. Houve um dia que comecei a gritar e a pedir “Alguém me dá uma Coca-cola?!” Nesse dia “minha ficha caiu” e eu percebi que só podia ser um vício. Graças a Deus consegui completar o meu propósito e ficar livre do vício.

Talvez Deus esteja usando este momento de consagração para te mostrar vícios que existem em sua vida. Não pense que só pode receber o título de viciado quem vive dependente de álcool, cigarro ou outras drogas ilícitas. Tudo o que você não consegue dizer não é um vício na sua vida. Pode ser chocolate, refrigerante, jogos, programas de televisão e outros mais.

 Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.

Gálatas 5.1

Deus te chamou para a liberdade. Tudo aquilo que coloca você em uma posição de dependência é uma prisão que existe na sua vida. Fomos chamados para depender de um só, e este é Deus. Ser dependente de Deus, é ser livre de tudo aquilo que pode arruinar a sua vida. É se apegar a vida abundante que Cristo conquistou para todos na cruz do calvário.

 Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?

1Coríntios 6:19

O seu corpo é templo do Espírito Santo, não seja você o destruidor dele. Vícios destroem o corpo, pois levam a pessoa a possuir algo em excesso, e tudo que é exagerado prejudica. Deus te quer saudável, cheio de vida e vigor, mas você colherá as consequências das atitudes erradas que tem cometido em relação ao seu corpo. Vejo muitos cristãos questionando a Deus o motivo de ter permitido que a doença chegasse. Na maioria das vezes, a doença é apenas consequência de ignorar o cuidado com o corpo.

Deixe o Espírito Santo trazer luz na sua vida durante esse período de consagração até mesmo nessa área. Peça a Deus que te mostre quais vícios existem em sua vida e caminhe com Ele em diração a libertação e mudança. Jejuar não é apenas se abster, é uma oportunidade de transformação.

Viva Cristo,

Léo Capochim

contato@leocapochim.com

Entrevista com Vanessa Capochim

1anosite_vanessa

Confira a entrevista feita pela jornalista Thaís Paiva a Vanessa Capochim. leo_van_2

Thaís: Como é escrever para jovens, mulheres na santidade?

Vanessa: É um desafio. O mundo hoje dita normas e regras e, muitas mulheres tentam seguir o padrão exigido por ele. Através dos textos, tento incentivar as mulheres a se valorizarem e não deixarem se corromper pelo sistema do mundo.

Thaís: Quais temas atualmente você considera de maior relevância?

Vanessa: Relacionamentos, tanto com Deus, como com o próximo, sendo uma relação de amizade ou de amor.

Thaís: Como lidar com a fé nas situações que vivemos nos dias de hoje?

Vanessa: Jesus nos ensina no evangelho de João no capítulo 16, verso 33: “no mundo tereis aflições, mas tende bom animo; eu venci o mundo”. Jesus deixa claro que passaremos por aflições, mas Ele nos ensina a ter bom animo. É necessário mantermos os olhos fixos em Deus, o autor e consumador da nossa fé. Mesmo diante a aflições, precisamos lembrar que Jesus venceu o mundo. Ele nos ama e cuida de nós. O Salmo 37, verso 05 diz: “entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará”. Ontem, hoje ou amanhã, independente do que passarmos, precisamos confiar em Deus!

Thaís: Na sua opinião, as mulheres hoje, tem se preocupado mais com a estética ou com a beleza interior?

confraVanessa: Infelizmente com a estética. Se cada mulher analisar sua vida, perceberá que se gasta muito mais tempo preocupada com cabelo, unha, depilação, roupa, etc, do que com o caráter e a integridade.

Thaís: O que você diz às mulheres que não se sentem bonitas, mas aos olhos do Senhor são lindas?

Vanessa: Deus nos criou, e tudo o que Deus faz, Ele mesmo diz que é bom. Encontramos isso em Gênesis, quando Deus criou o mundo e tudo que nele há. Deus formou cada ser humano, ainda no ventre materno. Por isso não podemos chamar de feio ou ruim algo que foi feito pelas mãos de Deus. No site leocapochim.com tem um vídeo com o nome “bonito (a) eu?” Nesse vídeo eu abordo melhor o assunto.

Thaís: Como é fazer o tópico relacionamentos? E como fazer para deixar Deus a frente das decisões no namoro ou na amizade?

Vanessa: É muito divertido. Como Leo e eu fazemos muitos aconselhamentos, temos muito a dizer nos vídeos de relacionamentos. Uma vez ouvi o Pastor Márcio Valadão dizer que quando marido e mulher buscam a Deus, os dois se encontram, pois caminham para o mesmo lugar. Assim deve ser no namoro e amizade. Quando buscamos a Deus, consequentemente as decisões serão guiadas por Ele.

Thaís: Fale sobre o slogan “Mulheres na moda da santidade”.

Vanessa: A moda está em constante mudança. Antes mesmo de mudar de estação, as novas tendências já aparecem. Percebo que inúmeras mulheres seguem fielmente a moda. Não há problema com isso, mas não podemos deixar que a santidade fique fora de moda, mas permanecer de estação em estação. A moda principal em nossa vida precisa ser a santidade. Sendo assim, vamos viver na moda da santidade!

Thaís: O site leocapochim.com comemora um ano. Como é para você fazer parte do site?

Vanessa: É muito gratificante ver que podemos usar ferramentas na internet para proclamar o nome de Jesus. São tantos noticiários de pedofilia, encontros que acabam em morte, pornografia, dentre outros, nas redes sociais. Nós, como filhos de Deus, precisamos levar o amor de Deus para todo o mundo, utilizando os recursos que estão a nossa disposição. Assim alcançaremos cada vez mais o coração das pessoas.

Um ano de edificação na web

1anosite

Em entrevista a Thaís Paiva, Leo Capochim relata sua satisfação e aprendizado em um ano de site. 1anosite

leocapochim.com é um site da autoria do Leonardo Capochim, pastor da Igreja Batista Lagoinha de Belo Horizonte e diretor do Seminário Teológico Carisma. A página foi criada para edificar em amor os internautas, levando o nome de Jesus, e em dezembro, comemora um ano de existência.

Ao perceber que as informações na internet alcançam um grande número de pessoas, Leonardo começou a divulgar frases, mensagens bíblicas e vídeos para levar a mensagem da fé e glorificar o nome do Senhor. O twitter e o facebook foram os aliados do pastor nessa missão de expandir a palavra de Deus.

Após o sucesso nas redes sociais, Leo criou o site. De acordo com o relatório do Google Analytics, em apenas um ano, o site foi visitado por 24.596 pessoas de 717 cidades, de 45 países diferentes, dos 05 continentes do planeta terra.

A página é dividida em diversas categorias, como:

  • 15 segundos: composto por vídeos de assuntos bíblicos gerais com 15 segundos de duração.
  • Relacionamentos: contém vídeos que abordam problemas e soluções do dia a dia dos relacionamentos.
  • Wallpapers: são imagens com mensagens curtas criadas por Leo Capochim.
  • Áudio: área com bate papo descontraído sobre assuntos variados.
  • Textos: devocionais escritos por Leo e Vanessa Capochim.
  • Li e indico: indicações de livros.

Algumas categorias apresentam a participação de convidados especiais, entre eles, mestres, pastores e evangelistas. Vanessa Capochim, esposa do Leo e líder na Lagoinha, também contribui para o site, uma vez que há um link para seu blog. Maquiagem, moda e beleza interior são alguns temas abordados por Vanessa.

citacao01

 

Uma das novidades do site é a série Além da Poesia, onde Leo Capochim juntamente com sua esposa Vanessa, se unem aos internautas em um bate papo sobre cada Salmo da Bíblia. O Além da Poesia já tem abençoado muitas pessoas através de uma linguagem simples, fazendo uma ponte entre a poesia dos salmos e o dia a dia das pessoas. O internauta pode se informar sobre os temas que serão abordados no site pelas redes sociais (twitter e facebook). Além disso, é possível entrar em contato com o pastor Leo. Os visitantes podem participar, comentando os posts do site, enviando e-mail ou mensagem pela página do facebook, com dúvidas, sugestões e pedidos de oração. 

Confira a entrevista feita pela jornalista Thaís Paiva a Leo Capochim.

Thais: Como surgiu a ideia de fazer o site?

Leo: Ao perceber como as pessoas, principalmente os jovens, têm buscado cada dia mais a internet para obter respostas, não somente para as questões acadêmicas, mas também respostas para a vida, vi uma oportunidade de divulgar a mensagem que transformou a minha vida.

leoevanessa

Thaís: Quais são os temas mais procurados e discutidos?

Leo: Sempre temos uma grande procura na área de relacionamentos. As pessoas têm muitas dúvidas nesta área.

Thaís: A palavra ministrada no culto te inspira a escrever no site?

Leo: Com certeza. Amo falar sobre aquilo que tenho ouvido de Deus e meditado no meu dia a dia.

Thaís: Qual retorno você já teve sobre o site? Alguém já se identificou com o post e te contou a experiência?

Leo: Sim, é muito comum receber e-mails de pessoas do Brasil inteiro compartilhando suas experiências ou fazendo perguntas. Gosto dessa interação.

Thaís: Pessoas de diferentes países já visitaram seu site. Conte sobre isso.

Leo: Esse é o milagre da tecnologia. Através das ferramentas disponíveis na internet, pessoas dos mais diferentes idiomas conseguem traduzir para sua língua materna todo o conteúdo escrito do site. Países que talvez eu nunca pise na vida, estão recebendo esta mensagem capaz de transformar vidas para sempre.

Thaís: Relate sua satisfação e aprendizado em um ano de existência da página.

Leo: Minha maior satisfação é saber que através desta ferramenta muitas pessoas têm vivido verdadeira transformação na forma de pensar e de viver. Sei que ainda estamos engatinhando, mas acredito que Deus nos ajudará a abençoar um número muito maior de pessoas.

Thaís: Fale sobre a importância da participação dos visitantes e como é possível a interação deles com você, por meio das redes sociais, por exemplo.

Leo: A participação de cada internauta ajuda principalmente na escolha de temas para os próximos textos, vídeos e etc. Eles podem interagir através dos canais:citacao02

Twitter: @leocapochim

Facebook: facebook.com/leocapochim

Instagram: instagram.com/leocapochim

Youtube: youtube.com/lidimo

Hizby: hizby.com/leocapochim

Email: contato@leocapochim.com

Matéria feita pela jornalista Thaís Paiva

O Brasil e a pílula azul

20120824-161930.jpg

Todas as vezes que assisto a algum programa que expõe a opnião publica tenho a impressão que os brasileiros estão escolhendo tomar a pílula azul da matrix e continuar vivendo a luz da sua própria percepção de mundo e negando totalmente a verdade. Parece que para a maioria das pessoas é mais cômodo ser dominado do que ser livre pois a verdadeira liberdade requer responsabilidade. Na liberdade você reconhece que as consequências são fruto das suas escolhas e não uma imposição de outro sobre você. A escravidão pode se tornar um lugar totalmente confortável para aqueles que preferem colocar sempre a culpa daquilo que vive nos outros e nunca assumir a sua responsabilidade. Brasileiros, precisamos acordar para a realidade do nosso tempo para que possamos sair do lugar e buscar o avanço. Enquanto nos deixarmos enganar por discursos bonitos nunca veremos uma bela nação.

Fé, mais preciosa que o ouro - Leo Capochim

A sua fé em Cristo é muito mais preciosa do que qualquer coisa deste mundo. Dizem que todo homem tem seu preço, mas, você já foi comprado e quem te comprou não faz revenda. Não troque a sua fé por coisas passageiras e sem valor. Até mesmo o ouro, o metal de maior valor que existe no mundo, é perecível comparado a herança que Deus tem para você. Como tudo o que é precioso, o seu verdadeiro valor só se encontra depois de provado no fogo. É no fogo que toda a impureza é extraída e o verdadeiro valor é revelado. O fogo pode te fazer sentir triste hoje, mas no final, acrescentará a você o seu verdadeiro valor. A fé que passa pelo sofrimento sai comprovadamente genuína, assim como o ouro que passa pelo fogo. Se Deus sabe que eu mudei, porque Ele me deixa passar por estas tentações? Você terá certeza de sua mudança somente no dia que você se ver dizendo “não” aquilo que você dizia “sim”. São nesses momentos que você vai se encontrar com a sua realidade. Pode tanto ser um momento de grande comemoração, como pode ser um momento de grande arrependimento.